O Perfume Ideal: conheça as nossas dicas para encontrar a sua fragrância preferida

A escolha de um perfume é algo bem particular, não é? Ele reflete muitos traços importantes da nossa personalidade e é capaz de comunicar ao mundo quem somos e do que gostamos. Algumas pessoas possuem grande facilidade em selecionar fragrâncias e até têm suas preferidas na ponta da língua; para outras, no entanto, escolher perfumes é bem difícil, pois várias essências agradam ao olfato – ou simplesmente nenhuma encanta os sentidos. Para quem está nesse segundo grupo, é importante que se saiba que nem tudo está perdido! O perfume dos nossos sonhos pode estar mais perto do que imaginamos, basta que aprendamos a selecioná-lo em meio a diversas opções. Para ajudar, hoje compartilhamos alguns pontos preciosos que transformarão de vez o seu jeito de escolher fragrâncias. Depois dessas dicas, você, sem dúvida, encontrará o seu perfume predileto muito em breve. Anote aí: 

1. Aplique o perfume corretamente 

Quando for testar uma fragrância, passe um pouquinho no pulso ou na dobra do cotovelo. Aguarde alguns segundos para que a pele a absorva bem e inspire o aroma. Antes de experimentar na pele, vale utilizar uma tira de papel para sentir o cheiro bruto – pois, quando em contato com a pele, a fragrância pode sofrer pequenas alterações. Lembre-se de não passar mais de um perfume nem na pele e nem na tira de amostra, pois as substâncias facilmente se misturam

2. Experimente-o em vários momentos 

A nossa pele tem todo o poder quando o assunto é perfume, pois a fragrância depende da temperatura e do pH da nossa derme para fixar-se. Por isso, para realmente saber se “aquele” é o seu cheirinho predileto, vale adotar o perfume em diversos momentos do dia e testá-lo, também, em diferentes ocasiões. Se o aroma permaneceu do jeito que você gostaria durante todo esse tempo, tenha certeza de que ele será mesmo a sua melhor escolha. 

3. Teste as famílias olfativas 

Nós já falamos um pouco sobre composição de fragrâncias aqui em nosso blog. Lá citamos as famílias olfativas, uma forma de categorizar os ingredientes que mais são utilizados no desenvolvimento dos perfumes. Ao testar os aromas que mais agradarem, não se esqueça de checar suas notas olfativas, pois saber se elas são florais, cítricas ou amadeiradas, por exemplo, dará uma boa ideia de qual caminho você deve seguir em sua pesquisa e em sua escolha final. 

4. Cuide dos seus sentidos 

Quando estiver escolhendo um perfume, não exagere com o olfato! Nosso nariz precisa de um tempo para se reestabelecer após entrar em contato com algum aroma mais acentuado. Por isso, faça pequenos intervalos entre as fragrâncias ou procure sentir o cheiro de algo mais neutro, como a sua pele limpa, por exemplo. Isso impedirá que o aroma testado anteriormente interfira de alguma forma no próximo! Esse cuidado, sem dúvida, vale muito a pena. 

5. Utilize alguns truques especiais 

Que tal testar as fragrâncias de barriga vazia? Você sabia que isso faz diferença? Pois é! Quando estamos com fome, o nosso olfato fica ainda mais forte! Ainda assim não conseguiu escolher um só? Não tem problema: uma dica é adquirir versões menores dos perfumes que mais gostou e seguir testando ao longo dos dias para descobrir qual deles mais lhe agrada! Se precisar de uma força, não tenha medo de pedir ajuda! Consulte amigos ou solicite opiniões de pessoas familiarizadas com o assunto. 

Agora ficou mais fácil escolher o seu perfume, não é? Você tem alguma dúvida ou indicaria outra forma de facilitar esse processo? De quais fragrâncias você mais gosta e compartilharia conosco? Deixe sua mensagem para nós logo abaixo, nos comentários! Para nós, é uma satisfação poder contar com você! Siga acompanhando as nossas novidades. 

Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas